Pelo terceiro mês seguido Paranavaí fecha com saldo positivo na geração de empregos



Se a maioria das cidades brasileiras ainda sente os efeitos da crise econômica, Paranavaí tem colecionado bons resultados desde o começo deste ano. A cidade continua gerando empregos e se mantém no ranking das cidades com saldo positivo no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Segundo os dados divulgados nesta terça-feira (16/5) pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) referentes ao mês de abril, Paranavaí manteve o saldo positivo (contratou mais do que demitiu) pelo terceiro mês consecutivo e aparece em 16º no ranking do Estado, entre os municípios que mais geraram empregos.

Veja também: Paraná tem saldo positivo de 22,8 mil empregos no quadrimestre

No mês de abril, foram 691 admissões com carteira assinada e 591 demissões, o que significa a geração de 100 novos postos de trabalho. Os setores que mais contrataram foram o da Agropecuária (+55 vagas) e o de Serviços (+43 vagas). Com essas contratações o município ficou com saldo melhor que o de cidades do mesmo porte ou maiores, como Apucarana (saldo de +97), Cianorte (saldo de +59), Campo Mourão (saldo de +48), Toledo (saldo de -1), Cascavel (saldo de -39), Londrina (saldo de -84) e Paranaguá (saldo de -118).

“Paranavaí tem motivos para comemorar. Estamos evoluindo na geração de empregos e deixando a crise econômica para trás, conquistando saldo positivo pelo terceiro mês consecutivo. Um dos fatores que tem contribuído para este resultado é o excelente trabalho feito pela equipe da Agência do Trabalhador com relação à captação de vagas junto às empresas e indústrias da cidade. Queremos continuar contribuindo para que todo trabalhador tenha uma oportunidade de gerar renda para sua família e, consequentemente, fazer nossa cidade crescer”, avalia o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Carlos Emanuel Rodrigues.

Situação no país e no Estado – A geração de vagas também foi percebida nacionalmente. O Brasil voltou a gerar empregos com carteira assinada em abril deste ano, quando foram abertos 59.856 postos formais, segundo dados do Caged.

E depois de dois anos, o Paraná criou empregos com carteira assinada no mês de abril. Os dados mostram que 6.720 profissionais conquistaram uma vaga. Em abril de 2016, o estado perdeu 1.163 vagas. No mesmo mês do ano anterior, fechou 2.002 postos de trabalho. Com o resultado, o Estado aparece em 5º no ranking nacional de geração de empregos.

O setor que mais contratou em abril foi o da Indústria de Transformação, com 2.867 novos profissionais. Em seguida, aparece o segmento de Serviços, onde 2.485 pessoas foram contratadas. Vale destacar ainda o setor de Comércio que reinseriu 1.487 pessoas no mercado de trabalho.

Por outro lado, o setor da Construção Civil demitiu 241 profissionais. Também houve demissões na área de Agropecuária – 86.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social - Prefeitura do Município de Paranavaí






Design by Gustavo Picoloto