Projeto História e Memória prepara mostra de objetos antigos



Visitar as salas da Casa da Cultura Carlos Drummond de Andrade onde estão sendo catalogados móveis e objetos antigos para o Museu Histórico, Antropológico e Etnográfico de Paranavaí é como fazer uma viagem ao passado.

Os relógios e utensílios domésticos da década de 50, máquinas fotográficas e de costura antigas lembram uma paisagem bucólica, que já não existe mais. Tudo isso faz parte do projeto História e Memória.

Na primeira semana de dezembro, os objetos poderão ser visualizados pelos moradores numa mostra que será realizada na Casa da Cultura, sede provisória do museu. Todas as salas do local serão utilizadas para ambientalizar a Paranavaí de algumas décadas atrás. A princípio, os objetos ficarão naquele espaço, mas há estudos para a construção de um espaço próprio para o museu.

Promovido pela Fundação Cultural em parceria com a Fafipa (Faculdade de Educação, Ciências e Letras de Paranavaí), o projeto tem como objetivo resgatar a história da cidade. Para recolher o máximo de informações, além de objetos da época da colonização do município, as coordenadoras do História e Memória visitam os pioneiros ouvindo as histórias de quem contribuiu para a construção de Paranavaí.

Todas as entrevistas com os pioneiros estão sendo gravadas em vídeo e serão disponibilizadas no museu. Dos objetos já obtidos pela coordenação do projeto, alguns são doados e outros apenas emprestados pela população. Mas a beleza e caráter de inusitado permeiam boa parte das peças. Do primeiro órgão da cidade, que pertencia ao primeiro pároco de Paranavaí, aos traçadores (espécie de serrote) usados para derrubar a mata nativa - que deu lugar as plantações de café - poderão ser visualizadas na mostra que começa no mês que vem e vai até abril de 2008.

Rosi Sanga, coordenadora da Casa da Cultura e uma das idealizadoras do projeto, conta que quem quiser colaborar com o “Memória e História” pode ligar na Casa da Cultura ou visitar o local. “Nossa cidade é nova e há muitos pioneiros que ainda vivem por aqui. Quem tiver avô e avó que queiram participar do projeto é só entrar em contato com a agente”, frisa. Rosi relata que o museu de Paranavaí já está inserido no Sistema Nacional de Museus.

Recentemente, representantes do Cosem (Coordenação do Sistema Estadual de Museus do Paraná) estiveram na cidade para visitas técnicas à Casa da Cultura e para acompanhar os procedimentos de catalogação das peças antigas. Serviço: Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 3422- 5018. A Casa da Cultura fica na rua Miljutin Cojeg. O horário de atendimento é de segunda a sexta-feira das 8h às 11h30 e das 13h30 às 17h.

Fonte: Departamento de Imprensa - Prefeitura do Município de Paranavaí






Design by Gustavo Picoloto