Segurança será prioridade na ExpoParanavaí 2015

Rhema Educacao


As Polícias Militar, Civil, Rodoviária Estadual, Rodoviária Federal, Corpo de Bombeiros, Conselho Tutelar e Viapar se reuniram na manhã desta terça-feira (24/2) com a diretoria da Sociedade Rural do Noroeste do Paraná (SRNP) para discutir o esquema de segurança para a ExpoParanavaí 2015, que acontece de 13 a 22 de março. A intenção é reforçar a segurança e repetir o excelente trabalho realizado nos últimos anos, para que todos possam se divertir com tranquilidade durante a Feira.

Veja também: Programação da ExpoParanavaí 2015

“A questão da segurança é prioridade da diretoria da Sociedade Rural. Por isso estamos investindo em conversas com todas as polícias, Corpo de Bombeiros, Conselho Tutelar, etc., para trocarmos ideias e trabalharmos juntos da melhor maneira. Não estamos medindo esforços para garantir segurança às famílias que vêm para a ExpoParanavaí abrilhantar a festa”, garante Tércio Bastos Mello, presidente da Sociedade Rural do Noroeste do Paraná (SRNP).

A Polícia Civil e Militar trabalharão em conjunto em um espaço exclusivo logo na entrada do Parque, onde será montado um cartório, com uma equipe de escrivães, para lavrar os Termos Circunstanciados e Atos Infracionais cometidos dentro do Parque. “Os casos mais graves serão encaminhados diretamente à Delegacia. Também vamos fazer uma escala de investigadores para ajudar a supervisionar o movimento dentro do Parque”, explicou o delegado-adjunto da 8ª SDP, Gustavo Bianchi.

Já a Polícia Militar planeja trazer apoio da Polícia Montada de Londrina e ainda viabilizar uma Plataforma de Observação, que consiste em um caminhão com câmeras de monitoramento que foi usado durante a Copa do Mundo em Curitiba. “O comando geral da PM está recebendo hoje um ofício com o pedido deste equipamento. Acreditamos que, se for possível ter esta Plataforma em Paranavaí, será um ganho muito grande na questão da segurança da Expo”, frisou o comandante do 8º Batalhão de Polícia Militar, Major Ademar Carlos Paschoal.

O Corpo de Bombeiros, representado na reunião pelo sargento Fábio Urbano, já vem repassando à diretoria da Sociedade Rural orientações sobre os requisitos mínimos para segurança em eventos de grande aglomeração de público, como a ExpoParanavaí, com um esquema de emergência, apontando aos profissionais da corporação os acessos livres para passagens de ambulância e os equipamentos de iluminação necessários em caso de pane. Além disso, o Corpo de Bombeiros também deve fazer um trabalho de orientação os barraqueiros na questão do uso de botijões de gás, os cuidados necessários, os requisitos mínimos de segurança.

A Polícia Rodoviária Estadual também já elaborou um esquema de trabalho especial para atender ao público da região que se dirigir ao Parque de Exposições. “Nós vamos intensificar principalmente os testes com o bafômetro/etilômetro nas rodovias estaduais que dão acesso a Paranavaí, e vamos trabalhar também com uma unidade móvel para garantir a tranquilidade do trânsito nas estradas da região”, detalhou o subcomandante do Posto Policial Rodoviário Estadual de Tamboara, Sargento Magalhães.

“O policiamento externo do Parque na BR-376, que é uma rodovia Federal, será feito no mesmo padrão dos anos anteriores. Vamos proibir que os veículos fiquem estacionados nos canteiros e no acostamento da rodovia, e ajudar a controlar o trânsito na via marginal que dá acesso ao Parque”, frisou o comandante do Posto da Polícia Rodoviária Federal, Inspetor Sidney Carlos Weber.

Menores de idade precisam estar acompanhados dos responsáveis legais
Outro assunto bastante discutido durante a reunião desta terça-feira (24) foi quanto à entrada de crianças e adolescentes no Parque de Exposições. A Portaria nº 001/2014, expedida pela juíza de Direito, Eveline Soares dos Santos em 3 de novembro de 2014, determina que crianças e adolescentes menores de 18 anos só podem permanecer em locais de espetáculos públicos, shows musicais e outros eventos semelhantes se estiverem acompanhados dos responsáveis legais ou parentes (avós, tios, irmãos e cunhados maiores de 18 anos). Qualquer outro acompanhante precisa ter uma autorização assinada pelo responsável legal, com firma reconhecida.

“O menor de idade não pode estar desacompanhado nestes locais públicos de grande aglomeração. Para fiscalizar isso, a Polícia Militar e o Conselho Tutelar vão fazer um trabalho conjunto coordenado. Nós queremos evitar problemas de brigas, de adolescentes alcoolizados, de crianças que se perdem, etc. Vamos cumprir o que prevê a Portaria da Vara da Infância e Adolescência”, destacou o Major Ademar Carlos Paschoal, comandante do 8º Batalhão.

“O Conselho Tutelar estará presente em todos os dias da Feira com todos os conselheiros, o que deve levar a zero o número de casos envolvendo menores. Mas a principal exigência será para que o menor não entre no Parque desacompanhado dos pais ou de algum responsável legal”, reiterou a presidente do Conselho Tutelar, Mayara Rocha.

Agora a diretoria da SRNP já está programando uma reunião com todos os comerciantes que venderão produtos alimentícios e bebidas nas barracas da Praça de Alimentação. O intuito principal é orientar a todos para que não vendam bebidas alcoólicas para menores e denunciem caso haja flagrantes de maiores fornecendo bebidas para crianças ou adolescentes.

Fonte: Assessoria de Imprensa da ExpoParanavaí 2015






Design by Gustavo Picoloto