Boletos do IPTU 2018 começam a ser entregues pelos Correios nesta sexta



As agências dos Correios de Paranavaí devem começar nesta sexta-feira, dia 1º de dezembro, a entrega dos mais de 47 mil boletos do IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano) 2018. Do total, mais de 11 mil carnês são de imposto territorial (terrenos vazios sem edificação) e outros 36 mil são de imposto predial (com edificação).

A expectativa do município é de que os contribuintes aproveitem a liberação do 13º salário para pagar o imposto com o maior percentual de desconto. “Em 2017, recebemos 62% do valor lançado do IPTU. Esperamos que para o próximo ano este percentual seja maior, com a retomada da economia”, avalia o secretário de Fazenda, Gilmar Pinheiro.

Confira as condições de pagamento, prazos e descontos do IPTU:
Em parcela única
- Até 12 de janeiro -> 10% de desconto
- Até 9 de fevereiro -> 5% de desconto
- Até 9 de março -> 3% de desconto

Parcelamento
- Em 10 vezes sem desconto, sendo que o último vencimento não poderá ser superior a 31 de outubro.

Revisão e isenção
- Pedidos de isenção -> até 30 de maio
- Pedidos de revisão -> até 13 de abril

Quem tem direito a pedir revisão e isenção?
Idosos com mais de 65 anos, viúvos, aposentados e pensionistas que tenham uma renda individual de até dois salários mínimos, sejam proprietários de um único imóvel e residam no local, podem pedir a isenção do pagamento da taxa de IPTU junto ao setor de protocolo da Prefeitura. O mesmo vale para deficientes físicos e portadores de doenças especiais (com renda individual de até três salários mínimos), imóveis com até 70 m² (que não seja apartamento e com renda familiar de até dois salários mínimos) e imóveis localizados em área de erosão num raio de 100 metros.

O contribuinte que não concordar com o valor do IPTU e da taxa de coleta do lixo pode pedir uma revisão nos cálculos através de um requerimento que deve ser retirado no setor de protocolo mediante a apresentação do carnê (IPTU ou taxa do lixo) e do CPF. “No começo do ano, a movimentação diária nos balcões de atendimento é intensa. Centenas de contribuintes vêm até a Prefeitura todos os dias para aproveitar os maiores descontos. Por isso, as pessoas que têm direito à isenção ou querem pedir revisão para pagar o IPTU, não precisam se apressar. É possível aguardar até que o movimento na Prefeitura acalme, já que o prazo é bem longo”, enfatiza Pinheiro.

Coleta de Lixo
- Pagamento à vista com 5% de desconto, até o dia 12 de janeiro
- Para pagamento sem desconto, a taxa de coleta de lixo será enviada automaticamente para a Sanepar e parcelada em até 8 vezes para pagamento junto com a fatura de água.

O que fazer se não receber o boleto em casa?
Os contribuintes que não receberem o boleto em casa até o dia 5 de janeiro devem procurar a Prefeitura Municipal.

Já os proprietários de terrenos sem edificação que moram em Paranavaí e Região e que não estão com o endereço cadastrado junto ao município deverão retirar o carnê na Prefeitura (no setor de Arrecadação) a partir da próxima segunda-feira (dia 4), mediante apresentação de documento pessoal.

Pagamento só nos bancos credenciados
Desde o ano passado, os bancos precisam estar credenciados junto ao município para poderem receber tributos como o IPTU. Em Paranavaí, apenas as casas lotéricas e quatro bancos – o Banco do Brasil, a Caixa Econômica Federal, Sicoob e Sicredi – estão credenciados para receber os pagamentos, por isso o contribuinte deve procurar uma destas opções para pagar seus boletos do IPTU 2018.

Reajuste
O reajuste dos tributos para o ano de 2018 foi fixado em 1,63%, um percentual muito menor do que o aplicado nos dois últimos anos. Em 2017, o reajuste foi de 9,15% e em 2016, foi de 9,90%. O reajuste vale tanto para o IPTU, quanto para as taxas de coleta de lixo, combate de incêndio, conservação de vias e iluminação pública.

“O reajuste foi mínimo em relação aos anos anteriores, por isso os percentuais de desconto para o pagamento do IPTU em parcela única também são menores este ano. É preciso que o contribuinte lembre sempre que o IPTU é um dos impostos mais importantes para a cidade, já que ele é aplicado 100% no município, em melhorias na saúde, educação, segurança, assistência social, etc.”, destaca o secretário de Fazenda.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social - Prefeitura do Município de Paranavaí






Design by Gustavo Picoloto