Município alerta para golpe de “venda” de matrículas em Centros de Educação Infantil


  

A Secretaria Municipal de Educação recebeu na manhã desta sexta-feira, dia 28 de janeiro, prints de uma conversa via whatsapp de golpistas tentando “vender” matrículas para crianças que estão na lista de espera por uma vaga nos CMEIs (Centros Municipais de Educação) de Paranavaí. A Seduc ainda não sabe como os golpistas conseguiram os dados dos pais.

“Os golpistas estão entrando em contato com pais que estão com os nomes dos filhos na lista de espera por uma vaga em creche. Eles afirmam que houve uma desistência e que os pais foram contemplados com uma vaga. Então eles solicitam vários dados pessoais da criança e da família e dizem que, para garantir a vaga, é necessário pagar um boleto, emitido falsamente em nome da Secretaria Municipal de Educação, no valor de R$ 182,90. Este valor seria referente à taxa de matrícula. Além do boleto, também há pais recebendo mensagens com um código para pagamento do valor”, explica a secretária de Educação de Paranavaí, Adélia Paixão.

Segundo os golpistas, a taxa de matrícula é cobrada por incluir todos os custos da criança para o ano letivo, como material, fraldas, alimentação e toda monitoria. Além de oferecer a venda da matrícula em um dos CMEIs de Paranavaí, os golpistas também afirmam que vão incluir os pais no “Cartão Creche” para o recebimento de um auxílio de R$ 100,00 por mês.

Diante desse cenário, a Secretaria Municipal de Educação faz um alerta aos pais para a tentativa de golpe e afirma que nenhuma taxa é cobrada para a matrícula de qualquer criança em CMEIs ou escolas do município.

A secretária de Educação, Adélia Paixão, já compareceu à Delegacia de Polícia Civil e registrou um Boletim de Ocorrência do crime em nome do município.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social - Prefeitura do Município de Paranavaí






Design by Gustavo Picoloto