FESPAR homenageia professor Manoel de Lima



Atletas do presente e do passado, aliás, muitos do passado em mais de 30 anos de história, se reuniram na quadra revitalizada do Ginásio de Esportes Noroestão na noite desta segunda-feira, durante os torneios de Basquetebol dos Jogos da Juventude do Paraná – Fase Final. O motivo? Homenagear o professor Manoel de Lima, que por 32 anos formou craques do esporte e da vida em Paranavaí.

Emocionado, o professor falou da sua trajetória e lembrou que desde o início da carreira vem insistindo que quanto maior for o investimento no esporte, menor será a necessidade de investimento na Polícia.

Um jovem professor, recém-formado em Curitiba, desembarca na cidade de Paranavaí. Era um dia qualquer do ano de 1968. Veio para ficar um ano e permaneceu por 32 anos. Porém, o seu tempo foi muito bem aproveitado pois a presença daquele jovem daria um novo rumo ao esporte paranavaiense. Ao lado de valorosos profissionais, dentre os quais se recorda dos professores Maguetas, Paxá e Abrantes (de memória não consegue mencionar todos, mas agradeceu), professor Manoel iniciou o trabalho de base no Colégio Estadual. Para quem duvida, a lista de pessoas que treinaram com Manoel de Lima vai de profissionais liberais a industriais, empresários a lideranças políticas como José Augusto Felippe, Mauricio Yamakawa e o médico Dirley Roque Eugênio.

O trabalho na base, dentro da sala de aula como fala o ex-técnico, rendeu a Paranavaí o seu primeiro grande desafio que foi organizar os Jogos Abertos no ano de 1975. Foi uma disputa em que a cidade se mobilizou e venceu a concorrência, recorda-se Manoel de Lima. Com 66 anos, uma neta e prestes a se aposentar de vez (já é aposentado em um dos dois padrões que possui), professor Manoel recorda-se que se transferiu para Curitiba no ano 2000, mas deixou o esporte da cidade em boas mãos. Ele aponta técnicos que viu nascer para o esporte, como o professor Mimi (Ademir Nicola Francisco) e Paulo Franzini.

Árbitro de Basquete, técnico de Futsal, o homenageado demonstrou satisfação por ver um evento de grande importância no esporte voltar a Paranavaí. Assistindo a uma partida eletrizante entre Londrina e Astorga no Basquete (Categoria A, que terminou com a vitória dos londrinenses por apenas três pontos), o professor opina que aqueles jovens jamais se envolverão com drogas ou outras armadilhas da vida moderna.

Aliás, sobre esse tema, Manoel de Lima narra uma passagem com o atleta paranavaiense e hoje professor de Educação Física em Minas Gerais, Sidemar Venâncio (filho do conhecido e saudoso Biga). Chegando à cidade após conquistar um título expressivo no salto triplo em torneio nacional, Sidemar foi convidado para falar sobre o feito. “A primeira coisa que ele falou foi que se não tivesse entrado no esporte, poderia ser um marginal. Isso me emocionou e nunca mais esqueci”.

Finalizando, Manoel de Lima pediu que o professor da base seja valorizado. Ele lembra que quem prepara o atleta para os técnicos de elite são os professores nas escolas. “O professor deve ser prestigiado”, ensina, complementando que o investimento no esporte é a forma mais barata e democrática de promover a cidadania. Pede ainda que os professores incentivem também as crianças e jovens que não terão marcas para competir, mas que também podem usar o esporte como fator de inclusão e de trabalho em equipe. “Pratiquem esporte sempre. Porém, com monitoramente de um professor”, encerra, reiterando que se tivesse que percorrer o seu caminho novamente, faria tudo exatamente como fez: viver para o esporte.

A saudação ao homenageado foi feita pelo professor Paulo Franzini. Também com larga trajetória no esporte local, Franzini opinou que os Jogos da Juventude acontecem em Paranavaí graças à semente plantada por Manoel de Lima. Muito aplaudido e cercado por seus ex-alunos e atletas, o professor Manoel recebeu a placa da FESPAR – Fundação de Esportes de Paranavaí, entregue pelo diretor técnico Rafael Octaviano de Souza.

Fonte: Departamento de Imprensa - Prefeitura do Município de Paranavaí
http://www.paranavai.pr.gov.br/modules/news/article.php?storyid=1721






Design by Gustavo Picoloto