Teatro

Espetáculo “Procura- se mulher perfeita.com” chega a Paranavaí no próximo dia 28

Paranavaí recebe no próximo dia 28 (sexta-feira) o espetáculo “Procura-se mulher perfeita.com”, dirigido por Vitor Branco, que já participou de novelas como A Próxima Vítima, Uga Uga, e A Praça é Nossa, e que tem no elenco os atores Wanderlei Grillo (ex-malhação), Ana Morisa e Winter D’alus. A apresentação será às 20 horas, no Teatro Municipal, e os ingressos estão à venda a R$ 30,00 (estudantes pagam R$ 15,00).

2º FestCirco

Nos dias 24 e 25 será realizado no Teatro Municipal Dr. Altino Afonso Costa o 2º FestCirco que contará com intervenções artísticas, espetáculos de três grupos de arte circense e debates. O evento é uma iniciativa da Fundação Cultural e do Serviço Social do Comércio (Sesc). A entrada será gratuita.

E se um dia... A história do convertido de Damasco

No sábado, 21, às 20h, o Grupo de Teatro da Federação Espírita do Paraná (FEP), de Curitiba, apresentará no Teatro Municipal Dr. Altino Afonso Costa a peça “E se um dia... A história do convertido de Damasco”. O evento faz parte do Mês da Cultura Espírita em Paranavaí, promovido pelo Centro Espírita Fé, Amor e Caridade (CEFAC). A entrada será gratuita.

Os Três Porquinhos ou Confissões de um Menino Levado

Na sexta-feira, 20, o Teatro Municipal Dr. Altino Afonso Costa será palco do espetáculo “Os Três Porquinhos ou Confissões de um Menino Levado”, do Teatro da Juventude do Rio de Janeiro (TJRJ), uma história infantil simples, mas moderna e que aborda os problemas da modernidade como o bullying.

Medéia - O mundo primitivo e seus paradigmas

No dia 5, quinta-feira, às 20h, o Serviço Social da Indústria (Sesi) levará ao palco do Teatro Municipal Dr. Altino Afonso Costa, a peça teatral Medéia, do poeta trágico grego Eurípedes, dirigida por Marcelo Marchioro, um dos mais importantes diretores de teatro da atualidade.

Síndromes da modernidade

Neste sábado, dia 16, às 20h30, a Cia. Oficinas levará ao palco da Casa da Cultura Carlos Drummond de Andrade a peça “Síndromes – Loucos Como Nós”, um espetáculo bem-humorado que aborda os problemas do cotidiano urbano. A entrada custa R$ 5.

O caso de Romeu e Julieta

A história do grande amor vivido por Romeu e Julieta, contada e adaptada por um grupo de adolescentes de forma divertida e caricata. Os jovens atores fazem parte da oficina de teatro da Casa da Cultura e compõem o núcleo juvenil e de iniciantes do Cia. Oficinas, que este ano já esteve em cena com seu grupo infantil no espetáculo “A bruxinha que era boa” e está atuando no espetáculo “Síndromes – Loucos como nós” do núcleo adulto e de veteranos.

Síndromes da vida urbana

No dia 12 de dezembro, a Cia. Oficinas apresentará, às 20h30, na Casa da Cultura Carlos Drummond de Andrade, o espetáculo “Síndromes – Loucos Como Nós”. A peça é uma sátira dos problemas do cotidiano urbano. A entrada custa R$ 5, mas estudantes pagam meia-entrada. A peça é uma realização da Cia. Oficinas em parceria com a Fundação Cultural e Associação dos Artistas (Asas).

Cia. Oficinas apresenta peça sobre aflições urbanas

Nesta quinta-feira (02 de dezembro), a Cia. Oficinas apresentará, às 20h30, na Casa da Cultura Carlos Drummond de Andrade, o espetáculo “Síndromes – Loucos Como Nós”. A peça é um retrato bem humorado das aflições da vida urbana. A entrada custa R$ 5, mas estudantes pagam meia-entrada. A peça é uma realização da Cia. Oficinas em parceria com a Fundação Cultural e Associação dos Artistas (Asas).

Espetáculo infantil: A Bruxinha que era boa

Escrita por Maria Clara Machado e adaptada para o elenco infantil do grupo Cia. Oficinas a peça “A bruxinha que era boa” conta a história da bruxinha Ângela que frequenta a Escola de Maldades da Floresta para ganhar a tão sonhada vassoura a jato. Ângela não consegue ser uma boa aluna, e como castigo é presa em uma torre. Mas Pedrinho, um jovem lenhador a ajuda nas suas aventuras.

Conteúdo sindicalizado

Design by Gustavo Picoloto