Prefeito determina erradicação de planta que pode contaminar laranja



O prefeito do município de Paranavaí, Maurício Yamakawa, assina nesta sexta-feira (31), às 8 horas, decreto que determina a erradicação da planta ornamental Murta (Murraya Paniculata), muito utilizada em jardins e também como cerca viva.

O ato público será no Centro de Educação Ambiental, ao lado do Bosque. Trata-se de uma medida preventiva, pois a referida é hospedeira de uma bactéria (Candidatus liberibacter) que “ataca” plantas cítricas, causando a doença chamada Greening ou Huanglongbing (HLB). No caso de Paranavaí a medida vida proteger os laranjais, hoje importante segmento da economia do município.

A medida extrema é fundamental, pois não existe remédio contra a doença. Neste caso, a erradicação da planta é a única medida capaz de proteger a citricultura contra a disseminação. A transmissão se dá por um inseto (Diaphorina Citri) que suga a seiva da murta e de cítricos. Com isso, acaba espalhando a bactéria de eventuais plantas doentes para as plantas saudáveis. O decreto do prefeito é abrangente, pois, além da erradicação das unidades existentes, proíbe o plantio, o comércio, transporte e produção de novas plantas. A decisão passa a valer imediatamente tanto para vias públicas quanto para as propriedades particulares. O prazo para cumprimento do decreto é de 30 dias a contar da publicação. Quem desrespeitar a lei poderá sofrer sanções. É que o prefeito encaminha também hoje para a Câmara de Vereadores, projeto de lei que estabelece multa de R$ 200,00 para quem, após os 30 dias, mantiver as plantas em suas propriedades. De imediato, tão logo seja aprovada a proposta de lei, passa a valer a multa para quem transportar, comercializar ou produzir as árvores. A preocupação é grande, pois, conforme o conhecimento técnico, trata-se da doença mais severa dos citros em todo o mundo. Antes de decretar a erradicação, o prefeito Maurício Yamakawa se reuniu com técnicos na Prefeitura e lideranças do setor, quando definiu-se pela adoção de medidas preventivas.

Fonte: Departamento de Imprensa - Prefeitura do Município de Paranavaí
http://www.paranavai.pr.gov.br/modules/news/article.php?storyid=1675






Design by Gustavo Picoloto