Agricultura

Noroeste é a primeira região a receber novo Programa de Irrigação

O governador Carlos Massa Ratinho Junior lançou nesta quinta-feira (12/9), em Paranavaí, o Programa de Irrigação, que tem como objetivo aumentar a produtividade agrícola e potencializar a produção do Paraná. O programa começa pela região Noroeste do Estado, onde predomina o solo de Arenito Caiuá, numa área de 3 milhões de hectares. É uma região com déficit hídrico, mas com imenso potencial agrícola caso o solo seja corretamente irrigado. A iniciativa abrange os polos de Maringá, Paranavaí, Umuarama e Cianorte, onde predominam as bacias do Ivaí, Piquiri e Pirapó.

Iapar lança cultivar de mandioca para farinha e fécula

O Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) lança no próximo sábado (06/07) a cultivar de mandioca IPR B36, em apresentação dirigida a produtores, técnicos, dirigentes e lideranças do agronegócio. O evento será no Polo Regional de Paranavaí, a partir das 9 horas.

Iapar desenvolve ferramentas tecnológicas para ajudar agricultores

Um aplicativo que reúne todas as informações climáticas e de solo para o campo e um software de inteligência sobre o maquinário do agricultor são alguns dos principais dispositivos tecnológicos que o Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) oferece para o agronegócio. Além deles, técnicos do Instituto e startups trabalham em conjunto para desenvolver ferramentas para rastreamento de veículos e cargas, automação e leitura das inúmeras variáveis das lavouras.

Abacaxi do noroeste do Paraná alcança mercado de exportação para a Europa

Localizada no noroeste do Paraná, a cidade de Santa Isabel do Ivaí tem como um dos destaques em sua economia local, a produção de abacaxi. A comercialização das frutas foi impulsionada recentemente, após a participação de produtores rurais na Feira Fruit Attraction, em Madri, na Espanha, ocorrida de 23 a 25 de outubro, empreendedores da região retornaram para casa com o fechamento de negócios de exportação para a Europa firmados ainda para 2018.

Planta medicinal, o ginseng brasileiro tem raízes paranaenses

O município de Querência do Norte, no Noroeste do Paraná, é o reduto do ginseng brasileiro. Por seus 914 quilômetros quadrados repletos de terra úmida, a planta medicinal impera principalmente nas ilhas e várzeas do Rio Paraná, o segundo maior rio da América do Sul, localizado bem próximo ao pequeno município com pouco mais de 12 mil habitantes.

Iapar e cooperativas combatem doença de laranjais com controle biológico

Uma parceria inédita entre o Instituto Agronômico do Paraná (Iapar) com a Cocamar Cooperativa Agroindustrial e a Citri Agroindustrial vem ajudando a controlar a principal doença que ataca a citricultura mundial. Trata-se do greening, responsável, dentre outros, por dizimar pomares na Flórida, um dos grandes produtores globais da fruta.

Safra de laranja deve crescer 33% no Paraná

A safra de laranja 2017/2018, que começa a ser colhida em julho, deve alcançar 1 milhão de toneladas – ou 24 milhões de caixas, o que representa um aumento de 33% sobre as 750 mil toneladas de 2016/2017. Depois das perdas registradas na safra passada, prejudicada pelo veranico, a expectativa é de retomada nesse ano.

Cultivo e comercialização do abacaxi é tema de encontro estadual em Santa Isabel do Ivaí

Será realizado nesta sexta-feira (1º de julho), em Santa Isabel do Ivaí, o 6º Encontro de Produtores de Abacaxi do Paraná. Na programação constam palestras sobre experiências já desenvolvidas na fruticultura estadual, entraves da comercialização do produto, debates e apresentação de alternativas para ampliar o cultivo do abacaxi no estado. O encontro é promovido pela Emater Paraná, em parceria com o Iapar, Ceasa Paraná, sistema Faep, Sindicato Rural, Cooperativa Agroindustrial do Noroeste Paranaense – Copagra, Sicredi e Banco do Brasil.

Paraná prevê crescimento de 11,6% na safra de laranja em 2016

Depois da quebra da safra do no ano passado, a produção de paranaense de laranja deve voltar a crescer em 2016. A projeção do Departamento de Economia Rural (Deral) da Secretaria da Agricultura e do Abastecimento é de uma produção de 810,9 mil toneladas - 11,6% superior à do ano passado, de 726,6 mil toneladas. A previsão é que o Valor Bruto da Produção (VBP) da atividade alcance R$ 277,4 milhões, o mais alto da última década, embalado pela melhora dos preços internacionais.

IBGE: safra de 2015 é recorde e a de 2016 crescerá 0,5%

A safra brasileira de cereais, leguminosas e oleaginosas fechou 2015 com uma produção de 209,5 milhões de toneladas, superando em 7,7% a de 2014. Já para 2016, o terceiro prognóstico - divulgado hoje (12/1) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) -, indica uma produção de 210,7 milhões de toneladas, superando em 0,5% o número de 2015.


Design by Gustavo Picoloto