Provopar já formou este ano 600 pessoas



Disque-Escova. Este foi o atrativo que Marlene Custódio encontrou para facilitar a vida das clientes e faturar com a nova profissão que está exercendo.

Ela foi uma das 19 alunas que concluíram na última semana o curso de cabeleireiro do Provopar, em Paranavaí. E Marlene não pretende parar por aí. Cursos de maquiagem e penteado estão nos planos da nova profissional da área de beleza. “Trabalhar com esta área é muito bom. As pessoas saem lindas e se sentindo muito bem."

A noite da última quarta-feira foi bastante movimentada no Restaurante Escola do Provopar por conta de mais uma formatura. Foram 19 formandos do curso de cabeleireiro, seis no curso de especialização em química de cabelo e corte, oito alunas de manicure e pedicure, além de outras 12 pessoas que fizeram o curso de tapioca. De janeiro deste ano até agora 600 pessoas concluíram cursos na entidade. Em 2005, o Provopar formou 644 pessoas e no ano passado foram 942 formandos.

As capacitações ocorrem em locais diferenciados. No Restaurante-Escola são realizados os cursos de culinária e garçom e garçonete. No Centro de Eventos os alunos participam dos cursos de artesanato e corte e costura. Na Estação do Ofício ficam os cursos da área de beleza: cabeleireiro, manicure e pedicure, unhas decoradas, depilação, modelagem de sobrancelha, química capilar, entre outros. Recentemente os cursos começaram a ser levados para vários bairros sempre com o intuito de garantir capacitação aos alunos. A coordenadora geral da entidade, Toshie Yamakawa, salientou a importância dos voluntários e parceiros para a ampliação do número de atividades desenvolvidas pela entidade. Toshie parabenizou os formandos pela conquista. “Os alunos se esforçaram em busca do crescimento profissional e o resultado disso é que 60% da turma já estão trabalhando”, disse. “A profissionalização é o caminho”, acrescentou. Amélia Kamawa, controladora do município, representou o prefeito Mauricio Yamakawa na formatura. “O Provopar está trabalhando a capacitação e deixando o assistencialismo em segundo plano”, observou. Constantino Souza Junior representou os parceiros do Provopar. “Essas pessoas fazem diferença. Pessoas que saem de suas casas à noite, não importa a idade, para vencer. Espero que continuem crescendo”, comentou.

Fonte: Departamento de Imprensa - Prefeitura do Município de Paranavaí
http://www.paranavai.pr.gov.br/modules/news/article.php?storyid=1674






Design by Gustavo Picoloto