Secretaria quer criar rota do turismo rural e ecológico em Paranavaí



A Secretaria Municipal de Turismo e Assuntos Internacionais, em parceria com a Secretaria Municipal de Agricultura e Emater, promoveu nesta quarta-feira (14/5) uma série de visitas em propriedades de Paranavaí, Graciosa e Mandiocaba com potencial para o turismo rural, ecológico e produção associada.

A caravana, que teve como ponto de partida o Centro de Eventos Armando Trindade Fonseca, percorreu chácaras, pesqueiros, restaurantes e um balneário no distrito de Mandiocaba.

“Temos muitas propriedades em nossa região com potencial para o turismo rural e ecológico e a nossa intenção é criar uma associação para que elas possam trabalhar de forma organizada, dando oportunidade de negócios para essas famílias que estão presentes em uma rota que reúne diversos atrativos naturais, gastronômicos e artesanato, e que pode ser muito mais explorada”, destacou Sony Zerbato Felippe, secretária de Turismo, que já confirmou a intenção de prosseguir com as visitas em outras regiões da cidade.

Segundo ela, só na região de Graciosa e Mandiocaba são dez propriedades com potencial para o turismo rural e ecológico. “Muitas delas já estão trabalhando o turismo sem nem ter percebido. Alguns pesqueiros, por exemplo, já tem toda estrutura pronta e o que o Poder Público pode fazer é ajudar a divulgar melhor através de folders e investindo na capacitação para melhorar o atendimento. Paranavaí hoje é o indutor do turismo de um modo geral e é a porte de entrada do turismo rural da região Noroeste, basta explorarmos melhor isso”, avaliou Sony.

Para Osmar Wessler, secretário de Agricultura, o momento é muito propício para o desenvolvimento do turismo rural e ecológico, uma vez que o Governo Federal dispõe de recursos para projetos nessa área. “Nós temos capacidade de atender na gastronomia, no artesanato e outras áreas. Só precisamos fortalecer esses produtores, não deixar eles isolados na mesmice, capacitá-los e criar uma associação porque através dela teremos mais força para buscar recursos a nível federal”, apontou.

Participaram das visitas representantes da Câmara Municipal, Conselho Municipal de Turismo, Acipar (Associação de Produtores de Laranja), o secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Carlos Henrique Scarabelli, e o engenheiro florestal da Emater, Erni Limberger.

Para Limberger, a região já conta com produtos de excelente qualidade, bastando apenas iniciativas no sentido de ampliar a oferta e facilitar o acesso aos consumidores. “A Emater vai atuar no sentido de promover capacitações para que o produto tenha qualidade e certificado e, posteriormente, implantar um ponto de referência onde os consumidores poderão encontrar o produto de forma mais facilitada, estimulando a compra que vai contribuir tanto para o aumento de renda dessas famílias como para divulgar o nome do município”, concluiu o engenheiro.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social - Prefeitura do Município de Paranavaí






Design by Gustavo Picoloto