Paranavaí tem a 6ª melhor nota do Estado no Ideb

Rhema Educacao


O Ministério da Educação divulgou esta semana as novas notas do Ideb (Índice de
Desenvolvimento da Educação Básica) em todo o país. Paranavaí conseguiu elevar o
índice de 6,7 em 2015, para 7,4 em 2017, e aparece com a 6ª melhor nota do Paraná,
ficando ainda muito acima das médias estadual (6,3) e nacional (5,8).

O Ideb é um indicador de qualidade educacional que combina informações de
desempenho aliadas às taxas de reprovação, aprovação e evasão escolar. As
informações para o cálculo da média são obtidas através de exames padronizados, como a Prova Brasil, que são elaborados e corrigidos pelo Ministério da Educação. As provas são aplicadas aos estudantes que estão no final das etapas de ensino (5ºs anos para a rede municipal de ensino, e 9ºs anos para a rede estadual) para avaliar o rendimento escolar. O Ideb é medido de dois em dois anos, sempre nos anos ímpares. O índice divulgado esta semana pelo Ministério da Educação é referente às avaliações aplicadas em 2017.

Em Paranavaí, foram avaliados 978 alunos dos 5ºs anos de todas as 19 escolas
municipais. “A prova é toda elaborada pelo MEC (Ministério da Educação), aplicada por
uma equipe contratada por eles. Os professores do município não têm acesso à prova e nem acesso as salas de aula no dia da prova. É um teste muito difícil, no mesmo formato da prova do Enem. A avaliação é muito rigorosa. A prova tem questões fáceis, médias e complexas e a avaliação é feita em cima do que se chama de TRI - Teoria de Resposta ao Item. Se a criança não consegue acertar as questões básicas e acerta as complexas, a nota cai, porque se deduz que o aluno ‘chutou’ a resposta. Não é só uma questão de número de respostas certas, mas de qualidade de acertos, um equilíbrio de acertos com relação à complexidade dos assuntos”, explica a secretária de Educação, Adélia Paixão.

Segundo a secretária, “quanto menos alunos e escolas tem na cidade, mais fácil alcançar uma média maior, por conta do cálculo que se faz. A cidade que ficou com o índice mais alto neste último IDEB, por exemplo, só tem uma escola avaliada. Ou seja, a nota tirada por essa escola é o índice de referência para a cidade. No nosso caso, é feito a somatória e média de todas as 19 escolas avaliadas. E ainda assim, conseguimos um resultado melhor do que a nossa expectativa”, comemora Adélia.

A menor média registrada em uma escola de Paranavaí foi de 6,5 e todas as escolas do município ficaram com índices maiores que a média estadual e nacional. Das 19 escolas avaliadas no município, 17 delas aumentaram as notas em relação ao Ideb 2015. A Escola Municipal Santa Terezinha, por exemplo, passou de 5,5 em 2015 para 7,1 em 2017, um aumento de 1,6 pontos na média. A Escola Municipal Santos Dumont foi de 6,0 em 2015 para 7,3 em 2017 (aumento de 1,3 pontos). Já a Escola Municipal Getúlio Vargas passou de 6,2 em 2015 para 7,4 em 2017 (aumento de 1,2 pontos).

Entre as escolas do município, quatro ficaram com médias acima de 8,0. A maior nota foi da Escola Municipal Maria Schueroff Back - 8,4. Em seguida aparecem as escolas
Hermeto Botelho e Jayme Canet, com média 8,3, e a escola Cecília Meireles, que
alcançou a nota 8,0. Outras oito escolas ficaram médias entre 7,0 e 7,9 e sete instituições tiveram notas entre 6,5 e 6,9.

“Um dos maiores desafios é uma escola que já tinha uma nota alta conseguir melhorar
ainda mais seu índice. Um grande exemplo é a escola Jayme Canet, que tinha nota 7,9
em 2015 e conseguiu trabalhar com os alunos e alcançar 8,3 em 2017. Além disso,
naquela escola foram avaliados 52 alunos - 16 deles (30,76%) frequentam a Sala de
Recurso e são acompanhados nas suas dificuldades de aprendizado. É uma grande
conquista”, enfatiza Adélila.

A nota de Paranavaí no Ideb 2017 colocou o município com a sexta maior média do
Estado do Paraná, à frente de municípios de igual ou maior porte, como Umuarama (6,6), Cianorte (6,8), Maringá (6,9), Londrina (7,1) e Foz do Iguaçu (7,2).

Na avaliação da secretária, Adélia Paixão, “o aumento de 0,7 pontos na média do último Ideb se deve a todo trabalho realizado nas escolas, orientado pela equipe da Secretaria de Educação. Mas, principalmente, ao empenho dos professores no trabalho em sala de aula com os alunos. No ano passado, fizemos capacitações semanais com todos os profissionais, além de um trabalho de incentivo à leitura e várias outras ações que tiveram envolvimento total das escolas, que culminaram neste excelente resultado. O município investe adequadamente para melhorar sempre a qualidade do ensino, e todo investimento tem um retorno muito positivo, especialmente para as crianças, que se desenvolvem de maneira integral e tem um mundo de oportunidades se abrindo para elas”, finaliza.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social - Prefeitura do Município de Paranavaí






Design by Gustavo Picoloto