Política de Cotas da Unespar é aprovada e será implantada para o próximo vestibular



Foi aprovado nesta quarta, 29 de maio, pelo Conselho Universitário (COU) da Universidade Estadual do Paraná (Unespar), a Política de Cotas da instituição. A implantação das cotas já se dará a partir do próximo vestibular, que deve ser realizado até novembro deste ano.

“O desenvolvimento e implantação da Política de Cotas demonstra o alinhamento da Unespar com marcos legais, como a Constituição Federal de 1988 e os inúmeros documentos nacionais que estabelecem a igualdade de oportunidades como fundamento para desenvolvimento de ações afirmativas de acesso à Educação, estabelecendo tratamento desigual àqueles que são desiguais, para preservar o princípio de igualdade e de oportunidades entre todas as pessoas”, assegura a coordenadora do Centro de Educação em Direitos Humanos (CEDH), professora Andréa Sério Bertoldi.

Para a pró-reitora de Ensino de Graduação (Prograd), Maria Simone Jacomini Novak, a aprovação torna mais democrático o ensino superior das diversas regiões do Estado que têm campus da Unespar. “Somos uma Universidade pública e que primamos pela qualidade e inclusão”, reitera.

O caminho da Política de Cotas na Unespar
2017: início do processo de construção da Política de Cotas, com oito seminários para discussão e reflexão sobre o tema

2018: nomeada a Comissão de Cotas da Unespar, com representantes docentes e discentes de todos os campi, dos Movimentos Sociais Negro e de Direitos das Pessoas com Deficiência, além de diferentes setores administrativos da Unespar.

2018: a Minuta do documento foi elaborada e submetida à consulta pública.

2019: a Minuta passou por revisão e foi novamente discutida em reunião extraordinária do COU

8 de maio de 2019: aprovada pelo CEPE.

29 de maio de 2019: aprovada pelo COU.

Fonte: Assessoria de Imprensa Unespar






Design by Gustavo Picoloto