Paranavaí foi o 23º município que mais gerou empregos no Paraná em fevereiro



Paranavaí continua se destacando na geração de empregos no Paraná. O município fechou o mês de fevereiro com saldo positivo de 142 empregos gerados. Os dados referentes ao Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), foram divulgados pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia nesta segunda-feira (25/3).

No mês de fevereiro, Paranavaí registrou 921 admissões com carteira assinada e 779 demissões, o que significa a geração de 142 novos postos de trabalho. No ranking do Estado, o município ficou na 23ª posição, à frente de cidades como Guarapuava (saldo de +120), Campo Mourão (+88), Arapongas (+87), Apucarana (+81) e Umuarama (-175). No acumulado do ano, a cidade acumula um saldo positivo de 159 novos postos de trabalho.

“Tivemos em fevereiro deste ano um saldo maior do que qualquer outro mês em 2018. Foi um mês extremamente positivo, e muito se deve a abertura da megaloja Havan, que gerou uma grande quantidade de empregos. O nosso crescimento não para por aí, pois ainda temos a previsão de abertura de novas empresas na cidade”, avalia o secretário de Desenvolvimento Econômico e Turismo, Carlos Emanuel Rodrigues.

Se comparado com o dos últimos anos, o resultado do mês de fevereiro impressiona ainda mais. Em 2015 o saldo foi de +72 empregos, em 2016 -249 e em 2017 e 2018 + 63. “Paranavaí vive um ciclo de desenvolvimento que está impulsionando o crescimento da cidade. Vamos continuar trabalhando para que os números cresçam cada vez mais”, afirma Carlos.

Situação no país – O Brasil registrou a abertura de 173.139 novos postos de trabalho com carteira assinada em fevereiro. O saldo desse mês é o sexto melhor da série histórica do cadastro desde 1992.

Além disso, é o terceiro ano consecutivo de saldos positivos e crescentes após os anos de recessão, o que reflete a recuperação do contingente de empregos celetistas desde 2017. Em fevereiro, o estoque de empregos alcançou 38,6 milhões de postos de trabalho formais, um aumento de 0,45% em relação ao mês anterior e de 1,51% em relação ao mesmo período do ano passado.

O saldo do mês é mais que o dobro do registrado em fevereiro de 2018, quando foram gerados 61.188 postos. Em janeiro, o saldo foi de 34.313 empregos. No acumulado dos dois primeiros meses do ano, o saldo de 2019 chega a 207,4 mil, superior em 68,4 mil ao do mesmo período de 2018 (139 mil) e em 130,9 mil ao de 2017 (76,4 mil). Esse resultado representa um crescimento de 49,2% na abertura de postos de trabalho, em relação ao acumulado do mesmo período de 2018, e de 171,2%, em relação ao de 2017.

O resultado de fevereiro de 2019 está relacionado em boa parte à maior geração de empregos nos setores da Indústria de Transformação e Construção Civil, nos quais a retomada do crescimento se mostrava mais lenta que nos setores de Serviços e Comércio.

Estados – Em âmbito regional, a melhora no emprego foi verificada em todas as regiões, à exceção do Nordeste. No Sudeste, a expansão foi de 0,51%, com geração de 101.649 vagas formais. Na sequência aparecem as regiões Sul (66.021), Centro-Oeste (14.316) e Norte (3.594). No Nordeste, o saldo foi negativo em 12.441 postos.

Entre os Estados, os maiores saldos ocorreram em São Paulo (62.339), Minas Gerais (26.016), Santa Catarina (25.104), Rio Grande do Sul (22.463) e Paraná (18.254). O maior recuo ocorreu em Pernambuco, influenciado pela queda sazonal do emprego na produção da cana de açúcar (-12.396 postos).

Fonte: Secretaria de Comunicação Social - Prefeitura do Município de Paranavaí






Design by Gustavo Picoloto