PM age rápido e evita conflito em fazenda



A Polícia Militar agiu rápido e evitou confronto entre dois grupos de sem-terra na Fazenda Videira, entre Guairaçá e Terra Rica.

O tumulto envolveu integrantes do Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem-Terra (MST) e do Movimento dos Agricultores Sem-Terra (Mast). A polícia prendeu quatro pessoas e apreendeu cinco espingardas, um revólver, 11 facões e uma foice.

Laurindo Agostinho, 51 anos, e Simplicio Almeida da Silva, 56, líderes do Mast, teriam contratado Valdemir Benkate, 26, e João Antonio da Silva, 30, para invadir a área, já ocupada por 150 integrantes do MST. Os quatro foram detidos e encaminhados para a delegacia de Terra Rica.

Os 40 integrantes do Mast estão acampados na porteira da fazenda, a 45 quilômetros de Paranavaí, às margens da PR 180. “Fomos acionados para conter o pessoal e evitar qualquer conflito. Entramos no local, fizemos buscas e prendemos os responsáveis pelo tumulto”, explicou o major Antonio Olimpio Lima, comandante do 8.º Batalhão da PM. Cerca de 50 policiais trabalharam na ação.

Fonte: Agência Estadual de Notícias






Design by Gustavo Picoloto