Quase 20 animais foram apreendidos no quadrimestre



Uma alerta aos pecuaristas. Somente nos primeiros quatro meses deste ano 18 animais foram apreendidos pelas equipes da concessionária de rodovias Viapar. São bovinos e equinos que estavam soltos às margens das estradas oferecendo risco de acidentes aos usuários. A maioria deles na BR-376, em Alto Paraná.

O segundo município com o maior índice de animais soltos foi Sarandi, seguido por Marialva – ambos na BR-376. Todos os bichos foram encaminhados à Sociedade Protetora dos Animais de Paranavaí (SPAP), onde ficam à disposição do proprietário por 10 dias, prazo para a retirada mediante comprovação de propriedade e pagamento das taxas. Caso isso não ocorra eles são leiloados e a renda revertida para a manutenção da entidade.

O monitoramento e retirada de animais é realizado pela empresa desde 1997 – já a apreensão e encaminhamento à SPAP ocorre a partir de 2006. Para a realização deste trabalho a Viapar conta com nove inspeções de tráfego [que rodam 24 horas por dia] e quatro caminhões boiadeiros. “Constantemente os 81 agentes também recebem treinamento para que o trabalho seja realizado com perfeição”, destacou o supervisor do Centro de Controle e Operações (CCO) da concessionária, Ronaldo Parpinelli.

Um trabalho que já evitou muitos acidentes. As chamadas chegam por telefone, são identificadas pelas câmeras de segurança ou pelas equipes de inspeção de tráfego. Em paralelo, a Viapar instala placas de sinalização, realiza campanhas publicitárias e de conscientização com os pecuaristas entregando cartilhas que ensinam como consertar e manter as cercas em ordem, além de informar sobre os deveres de cada criador.

Serviço – Para mais informações acesse www.viapar.com.br ou ligue 0800 601 6001.

Fonte: Assessoria de Comunicação / VIAPAR






Design by Gustavo Picoloto