Vacinação contra febre aftosa atingiu 98,44% do rebanho do estado



No Paraná, a segunda etapa da campanha de vacinação contra febre aftosa de 2007, realizada em novembro, atingiu 98,44% de imunização do rebanho de bovinos e bubalinos. O resultado da campanha revelou a existência de 9,48 milhões de cabeças no Estado, das quais 9,33 milhões foram vacinadas.

Para o secretário da Agricultura e do Abastecimento, Valter Bianchini, esse resultado é considerado satisfatório porque garante a imunização do rebanho. O resultado oficial foi enviado ao Ministério da Agricultura e do Abastecimento no último dia 28.

Bianchini destacou que no Paraná os índices de vacinação contra aftosa estão permanecendo elevados porque as campanhas estaduais contam com a colaboração de entidades parceiras que compõem o Conselho Estadual de Sanidade Agropecuária (Conesa), que auxiliam no convencimento ao produtor para não descuidar da vacinação.

Para a próxima campanha, prevista para maio deste ano, a Secretaria espera uma cobertura ainda maior em função da reestruturação de pessoal técnico que está ocorrendo com as recentes contratações. O médico veterinário Walter Ribeirete, responsável pela área de sanidade dos bovinos, acredita que serão preenchidas por médicos veterinários as 131 Unidades Veterinárias existentes no Estado. “Com mais técnicos no campo, o trabalho de conscientização do produtor, controle e fiscalização sobre os rebanhos será intensificado”, afirmou.

Os maiores índices de vacinação foram verificados nas regiões que concentram a atividade pecuária como as Norte e Noroeste. O rebanho na região de Umuarama alcançou índice de 99,28%, Maringá, 99,91% e Paranavaí, 98,93%. As regiões de Apucarana, Cascavel, Cornélio Procópio, Curitiba, Guarapuava, Jacarezinho, Londrina, Paranaguá e Toledo também atingiram índices superiores a 99%.

A região de Paranaguá, com um rebanho de 9.662 cabeças, atingiu 100% de vacinação.

Fonte: Agência Estadual de Notícias






Design by Gustavo Picoloto