Ministro Massami Uyeda destaca o compromisso com a cidadania



“Nosso compromisso é com o direito e com a justiça, mas, acima de tudo, é com o cidadão, destinatário de todo esse trabalho”.

A afirmação é parte do discurso do ministro do Superior Tribunal de Justiça, Massami Uyeda, feita durante a cerimônia em que recebeu o título de cidadão honorário de Paranavaí na última sexta-feira à noite. O ministro falou das suas impressões sobre a cidade e se revelou feliz por passar a integrar a família de Paranavaí, na condição de novo filho.

Falando para uma platéia de autoridades, profissionais liberais e acadêmicos do Curso de Direito, Uyeda relatou as suas experiências na defesa da Justiça, citando particularmente a repercussão da viagem que fez ao Japão neste ano, quando pleiteou tratamento adequado para os cerca de 300 mil brasileiros que residem naquele país. Sua atuação neste pleito tem dado resultados concretos nos contatos diplomáticos entre os países. Essa postura também foi determinante para a indicação do título de cidadania pelo prefeito Maurício Yamakawa, aprovado de forma unânime pela Câmara de Vereadores.

Falando da importância da valorização humana, o ministro lembrou que a fraternidade deve ser a base de tudo. Neste quesito, se revelou impressionado com o que viu em Paranavaí no dia de visitas. Ele destacou dois pontos que considera fundamentais: o primeiro foi verificar que a Ouvidoria do município funciona anexa ao gabinete do prefeito. O outro foi durante visita ao 8º Batalhão de Polícia Militar, quando pode ver a sala de imprensa, igualmente junto ao comando. “A cidade mostra que o poder é do povo e não do mandatário”, comemorou. Ele ainda destacou os prêmios recebidos pelo município na educação, dentre os quais, o título de “Prefeito Amigo da Criança”.

O ministro informou que o título de filho de Paranavaí ficará no seu gabinete de trabalho, como símbolo de uma grande honra que conquistou. Por fim, Uyeda opinou que é preciso valorizar o profissional do direito e o próprio exercício da atividade para pacificar a sociedade. De traços orientais, mas brasileiro de nascimento e sentimento, o ministro avisa: “Tenho orgulho de dizer que sou brasileiro”. Ele ainda destaca a importância da mistura de raças na construção da identidade do país.

Na sua manifestação, o prefeito Mauricio Yamakawa lembrou do trabalho do ministro para a valorização dos brasileiros que estão no Japão. Falou ainda da trajetória de Uyeda como estudioso e homem da justiça brasileira. Yamakawa integrou a comitiva brasileira em fevereiro deste ano, que viajou a convite do governo central japonês. Além de Yamakawa e do ministro Uyeda, o vereador de São Paulo, Aurélio Nomura, completou a lista de autoridades brasileiras que estiveram na viagem de estudos e intercâmbio e que serviu para expor a realidade brasileira da imigração e da população do país que hoje faz o caminho inverso e tenta a sorte na Terra do Sol Nascente.

Coube ao vereador Josias Zarelli fazer a saudação ao ministro Uyeda. Ele desejou que os laços de Paranavaí com o ministro dêem frutos para a toda a comunidade, a partir das experiências positivas. Ele também lembrou que o ministro é um homem de destaque nacional, fruto do seu trabalho e da dedicação à justiça. Também o presidente Joaquim Aurélio da Conceição lembrou a ficha de serviços prestados por Uyeda à comunidade. “Parabenizo o ministro e a todos pela iniciativa de homenagea-lo”, concluiu. A entrega de título de palestra foram realizados no auditório da OAB – Ordem dos Advogados do Brasil . Diversas autoridades e lideranças prestigiaram o evento, dentre as quais, o presidente da Subsecção da OAB, Orlando Gontijo.

Fonte: Departamento de Imprensa - Prefeitura do Município de Paranavaí






Design by Gustavo Picoloto