Município e IAPAR assinam acordo de cooperação na “Jornada de Agroinovação”



O Parque Tecnológico de Agroinovação em Paranavaí já tem os próximos passos estabelecidos. Depois da fase de estudos, a Prefeitura de Paranavaí e o Instituto Agronômico do Paraná (IAPAR) assinaram o terceiro acordo de cooperação definindo metas para os próximos anos.

O município vai abrir um processo de seleção e contratação de entidade privada com experiência em temas como desenvolvimento local, regional, tecnológico e inovação, que seja sem fins lucrativos e de utilidade pública, para gestão do empreendimento.
A ideia do projeto é acelerar o desenvolvimento tecnológico da cadeia produtiva de mandioca e citros, gerando mais empregos e ampliando o mercado de trabalho.

“O Parque tecnológico trabalha com o desenvolvimento de empresas de alta tecnologia e tem como objetivo criar um espaço que possa atrair empresas de todo o Brasil e até do exterior, criando em Paranavaí um espaço internacional e que participe da economia mundial”, disse o prefeito KIQ.

Ainda segundo o prefeito, “a inovação está batendo na nossa porta e não podemos perder a oportunidade. Quem não mudar vai ser ultrapassado. As gestões estão cada vez mais modernas e esse choque de realidade tem assustado a muitos. Esse projeto é maior do que uma gestão. É algo que deve prosseguir em caso de eventuais mudanças, pois é apolítico. Com esse parque, queremos promover o desenvolvimento de Paranavaí, entender melhor o que pode ser explorado e/ou melhorado, trazer novas tecnologias e dar um grande salto como cidade”, ressaltou o prefeito KIQ.

Para 2019 foram estabelecidas as seguintes metas: realização do concurso internacional de estudos urbanístico e arquitetônico do parque; implantação de escritório técnico do projeto em espaço do Centro de Difusão Tecnológica do IAPAR; implantação da incubadora de empresas e espaço de coworking; contratação de projetos técnicos, arquitetônico, urbanístico e de engenharia para o Centro de Agroinovação; e articulação da Incubadora de Empresas e a estruturação da Unidade Mista de Pesquisa e Transferência de Tecnologia (UMIPTT) de Agroinovação em Citros e Mandioca.

Para 2020 também já existem algumas metas: entrega dos projetos técnicos, urbanístico e arquitetônico do parque; implantação da UMIPTT AGRO+i; e captação de recursos para início das obras do Parque Tecnológico.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social - Prefeitura do Município de Paranavaí






Design by Gustavo Picoloto