Paranavaí é a 3ª cidade do Paraná com melhor desenvolvimento, aponta a Firjan

Rhema Educacao


Quando o assunto é desenvolvimento municipal, poucas cidades do Paraná e do Brasil
têm números tão expressivos quanto os de Paranavaí. O município é hoje o 3ª do Paraná e o 18ª do Brasil mais bem colocado no Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM), que avalia as condições de Educação, Saúde, Emprego e Renda de 5.471 cidades brasileiras, onde vive 99,5% da população do país.

Segundo o levantamento, realizado pelo Sistema FIRJAN (Federação das Indústrias do
Estado do Rio de Janeiro), Paranavaí tem um IFDM de 0,8739, em uma escala que varia de 0 (mínimo) a 1 ponto (máximo), e um nível considerado de alto desenvolvimento (resultados superiores a 0,8 pontos).

Das 3 áreas avaliadas, o melhor desempenho foi na Saúde, que marcou o índice de
0,9479, ocupando a 31ª posição no ranking de Saúde no Paraná. Já no quesito Educação, apesar de ser pouco menor que o da Saúde, o índice de 0,9428 coloca Paranavaí na 8º posição no ranking do Estado para este quesito. Com relação à área de Emprego e Renda, o município ocupa a 22ª posição no ranking de Emprego e Renda no Paraná e o índice é de 0,7309.

IFDM e áreas de desenvolvimento - Paranavaí
IFDM e áreas de desenvolvimento - Paranavaí

Em todo o país, apenas 7,86% dos municípios encontram-se no patamar de alto
desenvolvimento, enquanto que no Paraná o número chega a 13,31% das cidades. Além disso, Paranavaí tem um IFDM 30,86% maior que a o índice nacional geral, que é de 0,6678.

No cenário estadual, Paranavaí perdeu apenas para os municípios de Apucarana (índice de 0,8806) e Toledo (índice de 0,8786). Paranavaí ficou à frente de municípios de igual ou maior porte como Maringá (5º), Campo Mourão (7º), a capital Curitiba (9º), Londrina (11º), Cascavel (15º), Cianorte (18º), Ponta Grossa (26º), Umuarama (34º) e Foz do Iguaçu (65º).

Já no cenário brasileiro, Paranavaí avançou muito desde a criação do IFDM - o município ganhou 230 posições, saindo de 248º para 18º, aparecendo inclusive à frente de todas as capitais do país. A cidade que alcançou a primeira colocação entre as capitais de Estados foi Florianópolis - SC, que aparece em 47ª no ranking nacional. A primeira cidade no ranking geral nacional foi Louveira-SP, com IFDM de 0,9006.

Na avaliação do secretário de Desenvolvimento Econômico do município, Carlos Emanuel Rodrigues, os levantamentos dos próximos anos deverão continuar consolidando esse crescimento acima das médias estadual e nacional. “Paranavaí vem se destacando nas estatísticas de desenvolvimento nos últimos anos como nunca vimos antes. O progresso do município é inquestionável. Os investimentos públicos do município associados à atração de investimentos fazem parte da receita de sucesso para alcançarmos resultados significativos e reconhecimento estadual e nacional. O IFDM, que é um guia de investidores criado por empresários da indústria, mostra qual é a nossa importância na economia e o quanto ainda vamos evoluir, pois muitos investidores já estão olhando para o nosso município com grande interesse”, destaca.

Evolução anual de Paranavaí no IFDM entre 2005 e 2016
Evolução anual de Paranavaí no IFDM entre 2005 e 2016

Critérios – Criado em 2008, o IFDM tem o objetivo de monitorar o desenvolvimento socioeconômico do país. Inspirado no IDH (Índice de desenvolvimento Humano), ele é feito, exclusivamente, com base em estatísticas públicas oficiais, disponibilizadas pelos ministérios do Trabalho, Educação e Saúde.
Entre as variáveis que compõem o cálculo do IFDM no segmento Emprego e Renda estão a geração de emprego formal, absorção da mão-de-obra local, geração de renda formal, salários médios do emprego formal e a desigualdade.

Na educação, os principais critérios são os números de matrículas na Educação Infantil,
abandono no Ensino Fundamental, distorção idade-série no Ensino Fundamental,
docentes com Ensino Superior no Ensino Fundamental, média de horas-aula diárias no
Ensino Fundamental e resultado do IDEB no Ensino Fundamental.

Já no segmento da saúde o estudo leva em conta o número de consultas pré-natal, óbitos por causas mal definidas, óbitos infantis por causas evitáveis e Internação Sensível à Atenção Básica (ISAB).

Confira os resultados dos principais municípios do Estado:

IFDM Consolidado
IFDM Consolidado

Fonte: Secretaria de Comunicação Social - Prefeitura do Município de Paranavaí






Design by Gustavo Picoloto