Vigilância faz mutirão de limpeza no Jardim Morumbi



As equipes da Vigilância em Saúde de Paranavaí fizeram uma força-tarefa nesta quinta-feira (18/4), véspera de feriado, para a limpeza, fiscalização e orientação à população quanto ao combate à dengue no Jardim Morumbi. O mutirão foi realizado num perímetro de 35 quarteirões, com foco para o entorno da APAE, onde estudava uma criança de 7 anos que entrou em óbito esta semana com suspeita de dengue hemorrágica.

“Nosso levantamento aponta que, até o momento, a cidade já tem 534 casos notificados de dengue este ano. Do total, 135 casos foram confirmados, 341 negativados e 58 aguardam resultado. Nossa preocupação é porque aproximadamente 50% dos casos confirmados de dengue em Paranavaí estão concentrados em duas regiões da cidade - a do Jardim Morumbi e a região que compreende os jardins Santos Dumont e Ipê. Só nesta região onde fizemos a força-tarefa, temos 17 casos confirmados”, explicou a diretora da Vigilância em Saúde, Verônica Gardin.

Atualmente, os agentes de endemias trabalham em campo fazendo visitas aos 51.821 imóveis cadastrados no município. A cobertura total é de 2.152 quarteirões da cidade. Além disso, a Vigilância faz vistorias quinzenais em 147 pontos estratégicos, onde há maior possibilidade de haver criadouros de larvas do Aedes aegypti, como borracharias, ferro velho e armazenadores de recicláveis.

“Muitos têm questionado as nossas equipes com relação à aplicação do fumacê. É preciso que fique claro que existe uma normativa nacional que indica que a cidade tem que estar em estado de epidemia para ser liberado o fumacê. No caso de Paranavaí, precisamos ter mais de 250 confirmados para que seja liberado o veículo para fazer esse tipo de trabalho na cidade. Mas é sempre bom lembrar que a melhor arma no combate à dengue ainda é a prevenção, é a cooperação da população com a limpeza dos quintais, das calhas, dos recipientes que podem acumular água, etc. Nós estamos em alerta e, se não houver um comprometimento maior, corremos grande risco de uma nova epidemia”, frisou Verônica.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social - Prefeitura do Município de Paranavaí






Design by Gustavo Picoloto