Índice de infestação do mosquito da dengue registrado em Paranavaí preocupa Visa



A Vigilância Sanitária de Paranavaí (Visa) divulgou nessa terça-feira o resultado do segundo Lira (Levantamento do Índice Rápido do Aedes).

O alto índice registrado coloca o município em estado de alerta. Foi constatado um índice geral no município de 3,6%. Isso representa que a cada 100 casas, 3,6 estão infestadas pelo mosquito Aedes aegypt, transmissor da dengue.

Em alguns bairros a situação é ainda mais preocupante. Casos dos jardins Santos Dumont (especialmente a parte próxima ao Ipê) e Panorama. Nesses locais foi constatado um índice ainda maior que o registrado em toda a cidade: 6,3%, sendo que o índice aceitável é de até 1%.

De janeiro até agora foram notificados 207 casos da doença em Paranavaí. Três casos foram confirmados, 97 negativos, 106 aguardam resultado dos exames laboratoriais e a cidade ainda possui um caso importado.

Os números foram divulgados durante reunião com o Comitê Municipal de Combate à Dengue, formado por representante de várias secretarias municipais, 14ª Regional de Saúde, Sesc, Conselho Municipal de Saúde entre outras entidades. A reunião ocorre a cada dois meses.

Durante o encontro foram discutidas as próximas ações para conter a doença na cidade, como a divulgação dos números do índice de infestação e cuidados para evitar a doença nos bairros. Também estão previstos arrastões de limpeza, especialmente nos pontos mais preocupantes.

Randal Fadel Filho, coordenador do Controle de Endemias da Visa destaca a importância de um maior envolvimento da sociedade. “É necessário cuidar dos terrenos e quintais e também divulgar os perigos que a doença representa para amigos, familiares e colegas de trabalho”, comentou.

Fonte: Departamento de Imprensa - Prefeitura do Município de Paranavaí






Design by Gustavo Picoloto