Prefeitura retira 12 caminhões de materiais que acumulam água na Vila Operária



Equipes de agentes de endemias da Vigilância em Saúde de Paranavaí, das secretarias de Infraestrutura e Meio Ambiente, e ainda voluntários, participaram no último sábado (8/2) do primeiro mutirão contra a dengue na Vila Operária. No total, 65 quarteirões foram vistoriados pelos agentes e foram retirados do bairro aproximadamente 12 caminhões carregados de material que acumula água.

Veja também: Carro do fumacê contra a dengue começa a ser utilizado em Paranavaí

“Já realizamos quatro mutirões nos bairros este ano, dois deles na Coloninha do São Jorge, outro no Jardim Morumbi e agora na Vila Operária. Estas são hoje as áreas mais críticas de infestação de dengue na cidade. É importante lembrar que a limpeza dos quintais e a retirada de lixo e entulhos dos imóveis, é de responsabilidade da população. Temos recebido muitos telefones na Vigilância, de pessoas solicitando agendamento para que nós façamos o recolhimento do lixo nas casas. O município tem caminhões que fazem diariamente a coleta de lixo em todas as áreas da cidade, inclusive nos distritos. É só o morador tirar o lixo no dia e horário específico do seu bairro, que o material é recolhido. Nos mutirões, nós não entramos para limpar o quintal de ninguém e nem recolher lixo. Estamos recolhendo apenas os materiais que podem acumular água e causar risco de se tornarem criadouros de larvas do mosquito da dengue”, destaca o assessor da Vigilância em Saúde, Randal Fadel Filho.

A Vigilância em Saúde também já estuda fazer um segundo mutirão semelhante nas próximas semanas em outras áreas da Vila Operária. O bairro está com índice de 6,5 (alto risco) de infestação de dengue.

Os atuais números da dengue em Paranavaí (1º de janeiro a 6 de fevereiro de 2020) são de 2.553 casos notificados, 1.224 positivados, 90 negativos e 1.239 aguardando resultado.

Fonte: Secretaria de Comunicação Social - Prefeitura do Município de Paranavaí






Design by Gustavo Picoloto