Politica

Ato inédito, secretários empossados assinam Contrato de Gestão com o município

Todos os 15 secretários empossados neste dia 1º de janeiro assinaram, além do Termo de Posse, um Contrato de Gestão com o município. “Este é um ato inédito, lançado por esta nova administração, com o objetivo de reforçar os princípios de transparência da gestão pública. Ao nos eleger, a população aprovou um plano administrativo inovador, e é isto que estamos propondo com estes Contratos de Gestão. É a primeira vez na história de Paranavaí que essa prática é adotada na Prefeitura”, explicou o prefeito Delegado KIQ.

Novo Prefeito: “Não escolhi o serviço público como profissão, mas como missão”

Ao som de “Tropa de Elite”, o novo prefeito de Paranavaí, Delegado KIQ, subiu as escadarias do Palácio do Ivaí e tomou posse na manhã do último domingo, 1º de janeiro, ao lado de sua esposa, Larissa Aires Ribeiro, da vice-prefeita Jeanne Kato e seu esposo, o ex-prefeito e ex-deputado estadual Antônio Teruo Kato. Uma cerimônia bastante disputada, com atos diferenciados, que deu o tom do que promete ser esta nova administração: inovadora e ousada.

PMDB tem maior número de prefeitos, mas PSDB foi o partido que mais cresceu

O PSDB saiu do primeiro turno da eleição municipal deste ano como o partido que mais cresceu na comparação com os resultados do pleito anterior, em 2012. Em número de prefeituras conquistadas na eleição de domingo (2/10), o partido ficou em segundo lugar, atrás do PMDB. O PSDB, que elegeu 695 prefeitos há quatro anos, conquistou agora, no primeiro turno, 793 prefeituras, com crescimento de 14%, e está na disputa do segundo turno em vários municípios.

Resultado das eleições 2016 para prefeito e vereador em Paranavaí

O TRE divulgou a pouco o resultado final das eleições 2016 para prefeito e vereadores em Paranavaí, com Delegado Caique sendo eleito com 26.576 votos, 58,05% do total de válidos.

Voto nulo não invalida eleição

Uma das principais dúvidas que aparecem na época das eleições diz respeito aos votos nulos. Muitos eleitores acreditam que se mais de 50% dos eleitores votarem nulo a eleição é invalidada e, embora a afirmação não seja verdadeira, é recorrente a cada eleição, aparecendo em publicações de redes sociais e conversas com amigos, causando confusão.

Tião Medeiros é escolhido vice-presidente da Comissão de Ética da Assembleia

Os líderes dos partidos e dos blocos parlamentares indicaram nesta terça-feira (24/2) os deputados que compõe as 23 comissões técnicas e o Conselho de Ética e Decoro Parlamentar da Assembleia Legislativa do Paraná. O deputado Tião Medeiros (PTB), líder do bloco PPS/PTB/PSB, foi escolhido vice-presidente da Comissão de Ética. A presidência fica sob o comando do deputado Edson Praczyk (PRB).

No segundo turno das eleições Lei Seca será das 6h às 18h

Neste domingo (26/10), a “Lei Seca” no Paraná funcionará nos mesmos moldes do primeiro turno das eleições, realizado no dia 5 de outubro. De acordo com a resolução de nº 251/2014, publicada no Diário Oficial do Estado nesta terça-feira (21/10), fica proibida a venda, a compra e o consumo público de bebidas alcoólicas no período compreendido entre 6h e 18h do dia 26.

Eleitores que deixaram de votar terão até 4 de dezembro para se justificar

Os eleitores que não compareceram e não explicaram a ausência à Justiça Eleitoral, no primeiro turno das eleições gerais de ontem (5/10), poderão apresentar a justificativa até dezembro deste ano. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), o eleitor tem até 60 dias para apresentar as razões pela qual não votou, em cada turno, até 4 de dezembro no primeiro turno.

Resultado das eleições 2014

O Paranavaí Online está acompanhando a apuração dos votos das eleições 2014. Acompanhe todos os resultados para Governador, Senador, Deputados Estaduais e Federais do estado do Paraná.

Paraná e outros 14 estados terão Lei Seca no domingo das eleições

Paraná e pelo menos outros 14 estados, além do Distrito Federal, adotarão a Lei Seca durante as eleições do próximo domingo (5/10). Como não há lei nacional proibindo a venda de bebidas alcoólicas, a medida ficará a critério da secretaria de Segurança Pública de cada estado. Em seis estados, a comercialização estará proibida a partir do sábado (4/10). No Maranhão e Amapá, a proibição começa, respectivamente, às 18h e 20h. Em Alagoas e no Amazonas, às 22h. Na Bahia e em Roraima, somente a partir das 23h.


Design by Gustavo Picoloto