Economia

Dólar ultrapassa R$ 5,30 com instabilidade no mercado de petróleo

Em meio às incertezas domésticas e à instabilidade no mercado de petróleo, o dólar comercial ultrapassou a barreira de R$ 5,30 e fechou no maior valor desde o início do mês. A moeda encerrou esta segunda-feira (20/4) vendida a R$ 5,309, com alta de R$ 0,073 (+1,4%). Esse foi o maior valor registrado desde 3 de abril, quando a cotação tinha fechado em R$ 5,326, e o segundo maior nível nominal – sem considerar a inflação – desde a criação do real.

Dólar sobe para R$ 5,25 e fecha no maior valor em dez dias

Em meio às incertezas domésticas e internacionais sobre a evolução da pandemia de covid-19, o dólar comercial subiu pelo quarto dia seguido e fechou no maior valor em dez dias. A moeda encerrou esta quinta-feira (16/4) vendida a R$ 5,256, com alta de R$ 0,014 (+0,27%). Esse foi o maior valor registrado desde 6 de abril, quando a cotação tinha fechado em R$ 5,292.

Dólar sobe pelo segundo dia seguido e fecha em R$ 5,19

Em meio à divulgação de indicadores contraditórios sobre o impacto econômico da pandemia de coronavírus, o dólar comercial voltou a subir e aproximar-se de R$ 5,20. A moeda encerrou esta terça-feira (14/4) vendida a R$ 5,191, com alta de R$ 0,005 (+0,1%).

A cotação operou perto da estabilidade durante toda a sessão, alternando momentos de alta e de baixa. Na máxima do dia, por volta das 12h30, a moeda encostou em R$ 5,21. A divisa acumula alta de 29,35% em 2020.

Dólar fecha abaixo de R$ 5,10 pela primeira vez em duas semanas

Em reação à desaceleração de casos do novo coronavírus em diversos países da Europa e em algumas regiões norte-americanas, o dólar caiu para o menor nível em duas semanas. A bolsa de valores caiu depois de três altas seguidas, mas fechou a semana com alta de 12%. Mesmo assim, o dólar comercial encerrou a quinta-feira (9/4) vendido a R$ 5,091, com recuo de R$ 0,053 (-1,02%).

Dólar cai pela segunda vez e fecha o dia cotado em R$ 5,227

Em mais um dia de alívio, os mercados globais refletiram a desaceleração de casos do novo coronavírus registrada em diversos países da Europa e em alguns estados norte-americanos. O dólar caiu pelo segundo dia seguido, e a bolsa de valores continuou a recuperar-se, depois de fortes quedas na semana passada.

O dólar comercial encerrou a terça-feira (7/4) vendido a R$ 5,227, com recuo de R$ 0,064 (-1,2%). A divisa operou em queda o dia inteiro. Na mínima do dia, por volta das 10h30, chegou a atingir R$ 5,19.

Dólar cai pela primeira vez em 11 dias com menos casos de coronavírus

Em um dia de alívio, os mercados globais refletiram a desaceleração de casos de coronavírus registrada em diversos países da Europa e em alguns estados norte-americanos. O dólar caiu pela primeira vez em 11 dias, e a bolsa de valores subiu, depois de ter encerrado a semana passada no menor nível em 10 dias.

Dólar sobe pela sexta vez seguida e ultrapassa R$ 5,32

Em mais um dia de tensão nos mercados globais, o dólar voltou a subir e a bater recorde. A bolsa de valores, que tinha se recuperado ontem (2/4), voltou a cair para o menor nível em dez dias.

O dólar comercial encerrou a sexta-feira (3/4) vendido a R$ 5,326, com alta de R$ 0,06 (+1,14%), na maior cotação nominal desde a criação do real. A divisa operou em alta o dia inteiro e fechou no valor máximo do dia, mesmo com o Banco Central (BC) tendo intervindo no mercado.

Dólar sobe pela quinta vez seguida e aproxima-se de R$ 5,27

Em mais um dia de tensão nos mercados globais, o dólar voltou a subir e a bater recorde. A bolsa de valores recuperou-se da queda dos últimos dias e voltou fechar em alta. O dólar comercial encerrou a quinta-feira (2/4) vendido a R$ 5,266, com alta de R$ 0,005 (+0,09%), na maior cotação nominal desde a criação do real. A divisa operou próxima da estabilidade o dia inteiro. Na máxima do dia, por volta das 15h20, a cotação ultrapassou os R$ 5,28, mas o Banco Central (BC) interveio no mercado.

Dólar volta a encostar em R$ 5,20 com extensão de isolamento nos EUA

Em meio à extensão do isolamento social nos Estados Unidos até o fim de abril, o dólar voltou a aproximar-se de R$ 5,20. O dólar comercial encerrou esta segunda-feira (30/3), vendido a R$ 5,182, com alta de R$ 0,076 (+1,48%). Esse é o segundo maior valor nominal da moeda norte-americana, só perdendo para o recorde de 18 de março, quando havia fechado em R$ 5,198.

Dólar comercial fecha abaixo de R$ 5 pela primeira vez em duas semanas

Em meio ao clima de alívio nos mercados globais, o mercado financeiro teve mais um dia de recuperação. A bolsa de valores subiu pela terceira sessão seguida e voltou a aproximar-se dos 80 mil pontos. O dólar fechou abaixo de R$ 5 pela primeira vez em quase duas semanas.

O índice Ibovespa, da B3, a Bolsa de Valores brasileira, fechou esta quinta-feira (26/3) aos 77.709 pontos. O índice, que chegou a operar com alta de 5% por volta das 12h30, desacelerou durante a tarde, mas fechou com valorização de 3,67%.

Conteúdo sindicalizado

Design by Gustavo Picoloto