Economia

Inflação para mais pobres sobe mais que o dobro entre setembro e outubro

A inflação para as famílias com renda mensal de até 2,5 salários mínimos subiu mais que o dobro na passagem de setembro para outubro deste ano. Os dados divulgados hoje (12/11) pela Fundação Getulio Vargas (FGV) mostram que os alimentos foram os responsáveis pela alta, pois os preços saíram de uma deflação de 0,16% para alta de 1,13%. O tomate teve os preços reajustados em 21,32% em outubro, ante a deflação de 7,61% em setembro.

Interior concentra maioria das empresas abertas no quarto bimestre

O interior do Paraná se destacou na abertura de empresas no quarto bimestre deste ano. Em julho e agosto, 9.417 empresas foram cadastrados na Junta Comercial do Paraná (Jucepar), incluindo 699 filiais. Entre os empreendimentos mais recentes, 67% estão fora da capital, com 6.348 constituições, enquanto em Curitiba foram registradas 2.370 novas empresas. O crescimento do interior é 4% maior que no mesmo período do ano passado, quando 6.122 novos empreendimentos foram abertos.

Cesta básica pode ter variação de até 8,2% entre estabelecimentos

O Procon de Paranavaí concluiu nesta quinta-feira (5/9) mais uma pesquisa de cesta básica na cidade. Foram colhidos os preços mínimos de 38 itens de alimentação, higiene e limpeza em oito estabelecimentos, incluindo supermercados de bairros.

IBGE aponta que economia brasileira cresceu 1,5% no segundo trimestre

A economia brasileira cresceu 1,5% no segundo trimestre deste ano, em relação ao trimestre anterior. O Produto Interno Bruto (PIB), que é a soma de todos os bens e serviços produzidos no país, totalizou R$ 1,2 trilhão no período de abril a junho, segundo dados divulgados hoje (30/8) pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Governo propõe salário mínimo de R$ 722,90

O novo valor do salário mínimo deverá ser R$ 722,90. O anúncio foi feito há pouco pela ministra do Planejamento, Miriam Belchior. Ela esteve no Congresso para entregar ao presidente da Casa, Renan Calheiros (PMDB-AL), a peça orçamentária de 2014. O texto deve ser votado pela Câmara e pelo Senado até o fim do ano.

Estudo mostra que taxa de sobrevivência de empresas no Paraná é de 75%

A taxa de sobrevivência das empresas no Paraná é de 75%. Ou seja, de cada 100 empresas criadas no Estado, 75 em média sobrevivem aos dois primeiros anos de vida, considerado o período mais crítico para os negócios. O dado faz parte de um estudo realizado pelo Sebrae Nacional, nos 27 estados brasileiros, divulgado nesta quarta-feira, dia 10.

Preço da cesta básica pode variar até 51% em Paranavaí

O Procon de Paranavaí divulgou nesta semana a pesquisa de preço da cesta básica realizada entre os dias 01 e 02 de julho (segunda e terça-feira). Foram colhidos os preços mínimos de 39 itens de alimentação, limpeza doméstica e produtos de higiene em oito supermercados da cidade, incluindo estabelecimentos de bairro. Nestes locais, o valor total da cesta básica chega a variar 51% dependendo da marca dos itens e do local onde é comprada, sendo R$ 120,44 a mais barata e R$ 182,11 a mais cara. A pesquisa está disponível na sede do Procon.

Endividamento das famílias em abril foi recorde, diz Banco Central

O endividamento das famílias com o sistema financeiro continua a subir. De acordo com dados do Banco Central (BC), em abril, a dívida total das famílias equivalia a 44,46% da renda acumulada nos últimos 12 meses.

Chega a 395 o número de alvarás expedidos em Paranavaí este ano

Economia aquecida, empresários motivados, desenvolvimento. Paranavaí vive este momento e os números estão aí para comprovar. Até esta quinta-feira (6/6) já havia sido expedidos 395 novos alvarás de licença de funcionamento pra comércios, indústrias e prestadores de serviços em Paranavaí. O número já é mais da metade do registrado em todo o ano passado, quando foram expedidos 751 alvarás.

Paranavaí registra aumento de 15,5% na abertura de novas empresas. Saldo está acima da média estadual

Paranavaí aparece em 11º no ranking do Estado como um dos municípios que mais registrou abertura de novas empresas no primeiro quadrimestre de 2013. De janeiro a abril de 2012 foram registradas 297 novas empresas em Paranavaí e, neste ano, foram 342 novos estabelecimentos comerciais, um aumento de 15,5%. O desempenho de Paranavaí está acima da média do Estado, já que o Paraná registrou um aumento de 8,1% na abertura de empresas e filiais.


Design by Gustavo Picoloto