Empregos

Rhema Educacao
Notícias sobre empregos e concursos

Noroeste liderou geração de vagas no primeiro semestre

A região Noroeste foi a campeã de geração de empregos no Paraná no primeiro semestre deste ano. Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), do Ministério do Trabalho e Emprego, mostram que foram criados 5.505 novos empregos com carteira assinada na região. O número é resultado da diferença entre contratações e demissões no período.

Paranavaí sobe para o 3º lugar no ranking da geração de empregos no Estado

Cinco meses consecutivos com saldo positivo na geração de empregos e a criação de 151 novos de postos de trabalho, levaram Paranavaí a ocupar o 3º lugar no ranking do Estado, entre os municípios que mais geraram empregos no mês de junho. Segundo os dados divulgados nesta segunda-feira (17/7) pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) referentes ao Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), o município contratou mais do que demitiu e manteve o bom desempenho, indo na contramão da realidade do Estado.

Paranavaí é o 4º município do Estado em geração de empregos

78 novos postos de emprego na agropecuária, 73 no comércio, 62 na indústria de transformação e 36 na construção civil. Estes são os números que colocaram Paranavaí em 4º lugar no ranking do Estado, entre os municípios que mais geraram empregos no mês de maio. Os resultados foram divulgados nesta terça-feira (20/6) pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) referentes ao Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Paranavaí manteve o saldo positivo (contratou mais do que demitiu) pelo quarto mês consecutivo.

No mês de maio, foram 799 admissões com carteira assinada e 573 demissões, o que significa a geração de 226 novos postos de trabalho. No ranking do Estado, Paranavaí ficou atrás apenas de Cascavel (saldo de +574), Maringá (saldo de +467) e Apucarana (saldo de +257).

Paraná gerou 25 mil empregos formais de janeiro a maio

O Paraná gerou 25.182 novos empregos com carteira assinada nos primeiro cinco meses de 2017, já descontadas as demissões no período. No mesmo período do ano passado, o Paraná registrava um saldo negativo de 9.382 vagas. Os dados são do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) e foram divulgados na terça-feira (20/6) pelo Ministério do Trabalho.

Em maio, pelo quinto mês consecutivo, o saldo (diferença entre contratações e demissões) foi positivo, em 2.379 vagas. Em maio do ano passado, o saldo no mês estava negativo em 3.388 postos de trabalho.

Brasil criou 34.253 novas vagas de emprego em maio

Em maio, o mercado brasileiro abriu 34.253 novos postos de trabalho, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados hoje (20/6) pelo Ministério do Trabalho. É o segundo mês consecutivo, e a terceira vez no ano, em que o país registra mais vagas abertas do que fechadas. Em abril, o país já havia criado 59.856 mil vagas de emprego formal.

Pelo terceiro mês seguido Paranavaí fecha com saldo positivo na geração de empregos

Se a maioria das cidades brasileiras ainda sente os efeitos da crise econômica, Paranavaí tem colecionado bons resultados desde o começo deste ano. A cidade continua gerando empregos e se mantém no ranking das cidades com saldo positivo no Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged). Segundo os dados divulgados nesta terça-feira (16/5) pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE) referentes ao mês de abril, Paranavaí manteve o saldo positivo (contratou mais do que demitiu) pelo terceiro mês consecutivo e aparece em 16º no ranking do Estado, entre os municípios que mais geraram empregos.

Paraná tem saldo positivo de 22,8 mil empregos no quadrimestre

Pelo quarto mês consecutivo, o Paraná registrou resultado positivo no emprego formal, com um saldo de 6.742 empregos em abril, mostram dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados nesta terça-feira (16/5) pelo Ministério do Trabalho. Com isso, o Paraná fechou o quadrimestre com saldo (diferença entre contratações e demissões) positivo de 22.803 vagas. As contratações do setor de serviços e da indústria da transformação puxaram o resultado.

Paranavaí fecha fevereiro com saldo positivo na geração de empregos

Dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quinta-feira (16/3) pelo Ministério do Trabalho e Emprego (MTE), mostram Paranavaí como uma das cidades do Estado que está conseguindo driblar a crise e voltar a ter um bom desempenho na geração de empregos. Depois de sete meses de saldo negativo no Caged, o município fechou o mês de fevereiro com saldo positivo (contratou mais do que demitiu), gerando 63 novos postos de trabalho.

Brasil perde 1,3 milhão de vagas de emprego formal em 2016, diz Caged

O país perdeu 462.366 vagas de emprego formal em dezembro de 2016, uma variação negativa de 1,19% em relação ao mês de novembro do mesmo ano, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged) divulgados hoje (20/1) pelo Ministério do Trabalho. No acumulado de 2016, foram eliminados 1.321.994 postos de trabalho no Brasil, diminuindo o estoque de vagas formais em 3,33%.

Brasil fechou 39.282 vagas formais em setembro, Paraná tem saldo positivo no emprego

Um total de 39.282 vagas formais foram fechadas no país em setembro, segundo dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados hoje (26/10) pelo Ministério do Trabalho.


Design by Gustavo Picoloto